Vantagens de se morar em um condomínio fechado

Morar dentro de um condomínio fechado já deixou de ser uma regalia voltada apenas a pessoas das classes média e alta em nosso país. O número de brasileiros que buscam viver neste tipo de comunidade aumentou consideravelmente nas últimas décadas. E os motivos não podem ser contados nos dedos de uma só mão! Não é somente uma questão de status, também estão envolvidos aspectos como a segurança, a privacidade e a qualidade de vida.

Se você ainda está em dúvida se deve ou não se mudar para um condomínio fechado, provavelmente vai se interessar pelas vantagens listadas abaixo. São apenas alguns dos inúmeros motivos pelos quais você deve escolher um residencial.

Leia com atenção e se prepare para tomar grandes decisões. Afinal de contas, optar por uma moradia não é uma tarefa fácil, que deva ser feita de uma hora para outra, mas sim uma iniciativa que exige planejamento.

 

Condomínio Fechado
Fonte: outraspalavras.net

 

Segurança

Não há a menor dúvida de que a segurança é o principal fator no que se refere a morar num condomínio fechado. Por mais que no mundo nunca vá existir um lugar completamente seguro, este tipo de moradia pode sim diminuir potencialmente os riscos aos quais você e sua família estariam sujeitos em uma casa comum. Existem serviços em vários condomínios que garantem ainda mais segurança, como rondas noturnas, vedação elétrica, câmeras de monitoramento e serviço de portaria 24 horas.

 

Privacidade

Se você gosta de ter seu próprio tempo e espaço de vez em quando, sem a interferência de terceiros, vai adorar viver num condomínio fechado. Diga adeus às visitas indesejadas de vendedores ambulantes, entregadores de panfletos ou quaisquer outros tipos de chateações. Com as áreas mais reservadas, vem também o silêncio ideal para se concentrar em seus afazeres particulares. A paz e o sossego estarão garantidos na tranquilidade do dia a dia.

 

Lazer

Dentro de um condomínio não faltam atividades de lazer e entretenimento para pessoas de todas as idades. Geralmente há piscinas, saunas, quadras poliesportivas, salões de festa, playground, espaços gourmet, quiosques e churrasqueiras. Alguns espaços mais elaborados contam até com academias e salões de jogos, tudo para assegurar sua diversão a todo o momento! Para as crianças, os privilégios são ainda maiores, já que existem áreas amplas para correr e brincar à vontade. Os pequenos aproveitam as brincadeiras, enquanto os pais não têm dores de cabeça, já que o ambiente é protegido e tranquilo.

 

Localização

Mesmo que os residenciais costumem estar localizados em espaços selecionados, sempre são próximos às necessidades básicas de seus moradores. Desta forma, a rotina fica mais prática, rápida e econômica. Não é preciso andar por muito tempo até encontrar supermercados, escolas, farmácias, lojas ou parques. Os endereços são sempre pensados estrategicamente.

 

Comunidade

Um dos benefícios trazidos pelos condomínios fechados é o incentivo à socialização. É comum que dentro dos residenciais apareça um “espírito comunitário” entre os vizinhos, que trabalham em harmonia pelo bem-estar geral. Além das costumeiras assembleias, outros momentos usualmente causam interação entre os condôminos, como festas e eventos comunitários.

 

Quer morar em um condomínio fechado em São José dos Campos?

Veja as grandes oportunidades aqui!

 

Seu nome (obrigatório)

Seu e-mail (obrigatório)

Telefone

Sua mensagem


Ou Ligue para nós (12) 3203-2400

Acesse nosso site: http://www.piramideimoveissjc.com.br/

Leia Mais

Série Férias: cuidados com as crianças nas piscinas de condomínios

O período de férias para as crianças é sempre muito aguardado. Já para os pais, isso significa trabalho e cuidado em dobro. Para quem mora em prédios e condomínios, nos quais existem áreas de lazer amplas, contando com piscinas e quadras poliesportivas, a atenção deve ser ainda mais efetiva, pois muitos acidentes ocorrem nestes locais durante o verão.

As piscinas, principalmente, apresentam alto risco de acidentes com crianças. Estes locais, normalmente, não contam com um Salva Vidas, portanto o olhar atento dos pais sobre os filhos é imprescindível. Lembre-se de que a prevenção é sempre o melhor caminho!

 

Confira algumas dicas para garantir o pleno cuidado aos seus filhos nessas férias:

 

1. Todas as crianças devem estar acompanhadas dos pais ou responsáveis quando frequentarem a área de lazer do condomínio, mesmo que a piscina seja rasa e adequada à faixa etária. Até as crianças que já sabem nadar precisam da supervisão dos adultos.

 

Piscina Condominio
Fonte: skinnytwinkie

 

2. Não se limite apenas às boias e infláveis. O uso constante destes acessórios faz com que eles comecem a esvaziar e a perder sua eficiência ao segurar o peso do corpo embaixo d’água. Os pais devem ficar atentos a essa questão, pois bastam alguns minutos de vazamento do ar para que a criança se afogue. Vale apostar nos coletes salva vidas, que não necessitam especificamente do ar para manter as crianças boiando e não correm o risco de furar ou murchar.

 

3. Não permita brincadeiras que envolvam correr ou pular em volta da piscina. O piso é extremamente liso e perigoso, podendo ocasionar uma queda grave dentro ou fora da água.

 

4. Respeite as regras do condomínio, não permita a entrada de visitantes ou moradores que não estejam aptos a frequentar esse local. Quanto mais movimentada estiver a piscina, mais risco de acidente o ambiente terá, e o cuidado deverá ser redobrado.

 

5. Contribua para a preservação da limpeza do local. Evite levar garrafas de vidro ou latas de alumínio, que podem se tornar materiais cortantes. Lembre-se de que as crianças andam por todo lugar e podem se machucar facilmente.

 

6. Se o seu condomínio exige que seja apresentado um exame médico clínico para indicar sua condição de frequentar ou não a piscina, respeite sempre. Não incentive o descumprimento dessa norma, pois como este é um local de uso comum, é necessário que haja um cuidado maior com a saúde dos moradores, envolvendo principalmente as crianças que tendem a ter uma imunidade mais baixa do que a dos adultos.

 

7. Evite a exposição exagerada ao sol. As crianças têm maior sensibilidade a altas temperaturas do que os adultos, portanto lembre-se de tomar os cuidados especiais com a hidratação e proteção da pele dos pequenos.

 

Piscina Sol
Fonte: hinespool

 

8. Não frequente a piscina durante chuvas, principalmente na presença de raios. Ainda que os prédios tenham para-raios, o local aberto da piscina não é protegido por eles.

 

9. Lembre-se de aproveitar as férias das crianças com o máximo de cuidado. Com todas essas dicas e atenção redobrada, as crianças poderão curtir o verão com segurança, e a diversão será sempre garantida.

 

Quer aproveitar essa época e se mudar para um condomínio com ótima área de lazer?

Aproveite as oportunidades que separamos para você aqui!

 

A Imobiliária Pirâmide pode lhe ajudar! Basta deixar seu contato abaixo e falaremos o mais breve com você:

Seu nome (obrigatório)

Seu e-mail (obrigatório)

Telefone

Sua mensagem


Ou Ligue para nós (12) 3203-2400

Acesse nosso site: http://www.piramideimoveissjc.com.br/

Leia Mais

Como Manter um Animal Estimação em um Apartamento

Como Manter um Animal de Estimação em um Apartamento

Foto Fonte: clubeparacachorros

Ter um animal de estimação é uma decisão que envolve muita responsabilidade, principalmente para quem mora em apartamento ou em locais considerados pequenos. Os bichinhos precisam de cuidados especiais e muita atenção para se adaptarem ao novo ambiente e suas regras.

Como já sabemos, há pessoas que se incomodam com o fato de ter que dividir o elevador com um animal de estimação, porém perante a lei é totalmente permitido manter animais domésticos em apartamentos, independentemente das regras do condomínio, desde que o proprietário do animal respeite os direitos dos outros moradores.

Para melhorar sua relação com os vizinhos, seguem algumas dicas para não afetar a vida do seu bichinho e não incomodar ninguém. Confira:

1. ­​Avalie o tamanho do ambiente que o animal terá para viver, bem como as condições de adaptação da raça, já que existem muitas opções de animais domésticos, além dos cães e gatos, que podem se adaptar a um ambiente menor. Antes de escolher o seu bichinho, pesquise sobre as necessidades do animal no que diz respeito à convivência e avalie se o tamanho de seu apartamento é ideal para ele, evitando problemas futuros para o animal e para você.

 

Como Manter um Animal Estimação em um Apartamento
Fonte: bolsademulher

 

2. ​Depois de escolher o seu bichinho, tome os cuidados necessários para não atrapalhar os vizinhos com o som emitido por ele. Coloque tapetes para abafar o barulho e, no caso de cães, mantenha­os sempre com as unhas bem cortadas.

Se ainda forem filhotes, provavelmente os choros serão recorrentes. Por isso, antes de comprá­los, verifique se o seu cãozinho foi tirado de perto da mãe e do restante da ninhada após 49 dias de seu nascimento, pois essa separação deve ser feita em etapas, já que todo filhote procura por sua mãe e esse é o motivo principal do choro. Após esse período, organize um ambiente calmo, com uma cama bem quentinha e aproxime dele um relógio, pois o som simula a batida do coração da mãe. Assim, ele não sentirá que está sozinho e o choro diminuirá.

 

3. ­​Para levar seu bichinho para um passeio nas áreas externas do condomínio, procure usar uma guia curta. Dessa maneira, você evita a aproximação do animal com as outras pessoas que estão no elevador ou circulando pelo prédio.

 

4.­ Evite deixar que seu animal de estimação utilize as localidades do prédio, como jardins ou canteiros, para suas necessidades fisiológicas. Mas se isso acontecer, ou for permitido em seu condomínio, lembre­se de recolher todos os dejetos, independentemente da área em que estiverem, pois todas são de uso comum dos moradores.

 

Como Manter um Animal de Estimação em um Apartamento
Fonte: blog.cyrela

 

5. No apartamento, determine exatamente a área que ele poderá ocupar para fazer suas necessidades. No início, é ideal colocar jornais nos locais determinados e pingar gotas de “adestradores sanitários”, que são líquidos estimulantes utilizados para auxiliar o bichinho a identificar o lugar correto para o xixi e cocô.

Tomando alguns cuidados é possível criar um bichinho em um apartamento com tranquilidade, evitando problemas entre os vizinhos e mantendo a organização em casa!

 

A Pirâmide Imóveis está a sua Disposição!

Confira os imóveis em nosso site e qualquer dúvida é só entrar em contato.

Acesse!

 

A Imobiliária Pirâmide pode lhe ajudar! Basta deixar seu contato abaixo e falaremos o mais breve com você:

Seu nome (obrigatório)

Seu e-mail (obrigatório)

Telefone

Sua mensagem


Ou Ligue para nós (12) 3203-2400

Acesse nosso site: http://www.piramideimoveissjc.com.br/

Leia Mais